Escrita do Sudoeste (SW) 

 

 

A escrita do sudoeste apresenta cronologia para primeira Idade do Ferro (VII-V a.C.) e está presente nas actuais regiões do Algarve, Baixo Alentejo e Andaluzia, representando um testemunho cultural e arqueológico de enorme importância para o presente território Português e Espanhol. Conhecendo-se hoje conjunto de várias dezenas.

The chronology for the first Iron Age (VII-V BC) and is present in the current regions of Algarve, Alentejo and Andaluzia, representing a cultural and archaeological testimony of immense importance for the present territory Portuguese and Spanish.

 

Não sendo uma questão resolvida sobre a sua origem, alguns autores têm defendido uma adaptação local de sistema de signos provenientes do extremo oriental mediterrâneo (Fenício), utilizado principalmente em inscrições de carácter funerário.

Some authors have advocated a local adaptation signs system from the Mediterranean eastern end (Phoenician), mainly used in funerary inscriptions character.

 

Segundo as fontes antigas, estas regiões teriam sido habitadas, por um povo denominado Tartéssico, definido deste antiguidade como: particularmente culto, desenvolvido e possuidor de escrita, é também por isso referida como escrita Tartéssica. Outro povo referenciado pelas fontes antigas nestas paragens, são os Konii ou Cónios.

According to ancient sources, these regions have been inhabited by a people called Tartéssico defined this ancient as particularly cult, developed and possessed of writing, it is also so referred to as written Tartéssica, others people referenced by the ancient sources are the Konii.

 

 

Importa referir que outras investigações apontam para possivel próximidade com o mundo Céltico da Europa Central, dadas as semelhanças de alguns dos seus símbolos ou caractéres.

It should be noted that other studies point to possible proximity to the Celtic world in Central Europe, given the similarities of some of its symbols or characters.

 

 

A valorização cultural deste património tem vindo a ser feita por um conjunto de intervenientes, destacando-se o Projecto Estela e o Museu da Escrita do Sudoeste em Almodôvar, dando grande contributo para a divulgação do mesmo, e sua investigação.  

The cultural value of this heritage has been, especially made by the Estela Project and the Museu da Escrita do Sudoeste in Almodovar, giving great contribution to their investigation.


Sobre o Projecto ESTELA

 

http://www.cm-almodovar.pt/mesa/

 

"O Projecto ESTELA – sistematização da informação das estelas com escrita do Sudoeste - pretende contribuir para a revisão dos conhecimentos sobre quem produziu esses monumentos epigráficos, tentando compreender as relações entre os espaços habitacionais, o mundo funerário e as inscrições. Assim, através da caracterização destes contextos arqueológicos e dispersão espacial tenta-se compreender esta(s) a(s) sociedade(s) e agregar elementos que possam revelar construções/ delimitações porventura identitárias".